quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Em PE, fiéis realizam caminhada de 170 km em devoção a Santo Amaro


Religiosos percorrem caminho entre as cidades de Jaboatão e Taquaritinga.
Serão seis dias de caminhada de fé, paciência e disposição.

Pela sétima vez, devotos de Santo Amaro realizam uma longa caminhada de fé, superação e disciplina. Na manhã desta terça-feira (8), oitenta fiéis partiram da Igreja Matriz de Santo Amaro, em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife, em direção à Igreja Matriz de Santo Amaro, na Praça dos Eucaliptos, na cidade de Taquaritinga do Norte, no Agreste do estado.

A previsão é chegar ao destino às 15h do dia 13 de janeiro, totalizando seis dias de uma jornada pela rodovia, expostos ao sol. A caminhada precisa respeitar os limites e o ritmo de cada um, mas tudo isso exige disciplina. Para caminhar, a organização recomenda que se leve uma mochila com poucas roupas, água e lençol.

O Caminho de Santo Amaro é um trajeto de 170 quilômetros em devoção ao Santo, padroeiro das duas cidades. A proposta é fazer com que os religiosos vivam a simplicidade, a humildade e a fraternidade, com paradas noturnas para reflexão. Ao longo dos seis dias, os fiéis vão vivenciar rituais de fé e viver as simbologias propostas pela organização.

Na manhã do quinto dia de caminhada, na cidade de Bom Jardim, os participantes serão convidados a recolher uma pedra do caminho, leve, fácil de manusear, e usá-la como símbolo próprio. Nela, os fiéis vão depositar seus lamentos, sofrimentos, conquistas e alegrias. Já no destino, a simbologia vai tomar forma quando o objeto for entregue à Cruz do Peregrino de Santo Amaro, na Serra da Taquara.

Entre os momentos especiais da caminhada, se destaca o ritual do fogo. A atitude consiste na queima de uma peça de roupa da bagagem para representar a vitória sobre as dificuldades e o despojamento de antigos hábitos, dando início a uma nova vida a partir desta caminhada. O ato representa a ressurreição das cinzas, como a ave fênix, e deve acontecer na noite que antecede o último dia de caminhada, já na cidade de Surubim.

Os participantes são de todas as idades, entre 11 de 76 anos. Em sua maioria são pernambucanos, mas há representantes de vários estados do Brasil como São Paulo, Paraíba, Rio Grande do Sul, Bahia, Rio Grande do Norte e Goiás.




Nenhum comentário:

Postar um comentário